sexta-feira, 20 de julho de 2018

Ibirapitanga: acusado de sequestro de empresário morre em confronto com a PM; suspeito era investigado também por assassinato e assaltos

Um confronto entre bandidos e a Policia Militar de Ubatã e Ibirapitanga, deixou um morto na manhã desta sexta-feira (20), na região do Revés, zona rural de Ibirapitanga. 

Identificado até o momento como Bruno, o suspeito, que acabou sendo alvejado na troca de tiros, tinha envolvimento em uma quadrilha de tráfico de drogas e assaltos, com atuação em toda a região.

Além de assaltos e homicídios, Bruno era acusado de participar do sequestro do proprietário da Farmácia Vital, em Ubatã, cujo crime aconteceu no último dia 23 de junho. 

Segundo a polícia, o esconderijo de Bruno foi descoberto através de uma denúncia anônima. As guarnições, então, se deslocaram para o local, onde três homens, ao avistarem as viaturas, começaram a atirar. 

Bruno chegou a ser socorrido para o Hospital de Ibirapitanga, mas não resistiu. Com ele, a polícia apreendeu um tablete de maconha e um revólver calibre 38, com cinco cartuchos deflagrados e um intacto. Quanto aos demais bandidos, conseguiram fugir por um matagal. 

Bruno é o segundo suspeito do assalto à Farmácia Vital a morrer em confronto com a Polícia nesta semana. Na última quarta-feira (19), o comparsa dele, Maurício Batista da Cruz, o “Canela”, foi morto numa troca de tiros com a Cipe Central, no município de Apuarema. Aliás, de acordo com a PM, Bruno também estava naquela localidade, em companhia de Maurício, mas conseguiu fugir naquele dia.

Um comentário:

  1. kkkkkkk........bandido corre , corre , corre...... mas acaba morrendo em confronto , confronto significa bater de frente com os nossos defensores , encarou o resto é só alegria para nós , policia parabéns vida longa , vocês merecem

    ResponderExcluir