domingo, 29 de julho de 2018

Homicídios em Caravelas e Alcobaça; corpo é preso em âncora

O corpo de um homem, ainda não identificado, foi encontrado em uma estrada vicinal, entre a Comunidade Espora Gato e Jurema, distrito de Caravelas. O corpo, que estava parcialmente queimado e apresentava três perfurações por projétil de arma de fogo, na cabeça foi achado na manhã de sexta feira (27). A vítima apresentava uma tatuagem ao longo do braço esquerdo e estava trajando uma blusa de cor preta, calça jeans azul e sandálias havaianas. 

O delegado titular, Gilvan Meireles, solicitou a remoção do corpo ao Instituto Médico Legal de Teixeira de Freitas, onde passará por necropsia. Ele pede para quem tiver algum familiar naquela região, que esteja desaparecido e que tenha características compatíveis com a vítima, que possa comparecer no Instituo para fazer o reconhecimento do corpo. Um inquérito policial foi instaurado para apurar o crime. 

ALCOBAÇA - O corpo de um homem foi encontrado na tarde deste sábado (28), sem roupa e com os pés amarrados em uma âncora de barco, na praia do Quati, em Alcobaça. Segundo informações de populares, o corpo é de um homem com altura aproximada de 1.80 cm, de cor branca, pesando cerca de 90 kg, sem nenhum tipo de identificação. Ele tem duas tatuagens, sendo uma nas costas do lado esquerdo, e outra no braço esquerdo. Após a necropsia, será confirmado a causa da morte. (Liberdade News)

2 comentários:

  1. tem que ter uma lei pra matar vagabundo zé droguinha bandido assaltante pedófilo estrupador dessa forma amarar e jogar no mar .

    ResponderExcluir
  2. essa é a sina dos traidores dos judas do DMP.

    ResponderExcluir