segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Mutirão carcerário liberta 76 detentos de prisão da Lava Jato


Um mutirão carcerário libertou 76 presos do Complexo Médico-Penal (CMP), na região metropolitana de Curitiba, de acordo com a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo. O presídio ficou conhecido por abrigar condenados da Lava Jato. A coluna revela que deixaram a prisão gestantes, cadeirantes, acometidos de doença grave, idosos e submetidos a medidas de segurança. 

Ainda de acordo com a publicação, o mutirão foi coordenado pelo juiz Moacir Dala Costa. Ministério Público, Defensoria Pública e servidores do Fórum de Execuções Penais de Curitiba e São José dos Pinhais também participaram.

4 comentários:

  1. PARA ESSAS CORJAS VALEM A PENA ROUBAREM E SERAO CANDIDATOS E INCRIVEL MUITOS SERAO ELEITOS E PRINCIPAL VOLTARAM COM MAIS VONTADE DE ROUBAREM HEEEEEEEEE BRASILLLLLLLLLLLLLLLLLLL

    ResponderExcluir
  2. A BRASIL ; É POR ISSO QUE SATANÁS SE FORTALECE VIVA O LADRÃO VIVA O HOMICIDA VIVA A RELIGIÃO DO SATANÁS . É SATANÁS NA IGREJA É SATANÁS NA POLITICA E O POVO DIZ GLORIA A SATANÁS . ESSE É O BRASIL DO SATANÁS.

    ResponderExcluir
  3. Ladrão rico e outra coisa kkkkkkkkkkkkkkk engraçado no Brasil tem muitos presos doente de tuberculose,de cancer de aids e mulheres gravidas e não são liberados...Senhores Juízes faça uma visita na carceragem dos pobres..

    ResponderExcluir
  4. devolução do roubo lava jato dinheiro que é bom para a saúde,educação e segurança nada.

    ResponderExcluir