quarta-feira, 25 de julho de 2018

Vigilante foi morto a tiros dentro de escola em Jequié

O vigilante Jorge Dias Silva, de 41 anos, foi morto a tiros nesta terça-feira (24), em Jequié, na Escola Municipal Floripes Sodré, que funciona na Avenida Gustavo dos Santos Ribeiro, bairro Cansanção. A vítima foi surpreendida por homens armados. Após os disparos, Jorge caiu morto na área interna da unidade escolar, o que apavorou os alunos que eram liberados da instituição de ensino. As aulas foram suspensas. 

Apenas o vigilante foi atingido e o corpo foi removido por uma equipe do Departamento de Polícia Técnica-DPT de Jequié e encaminhado ao Instituto Médico Legal-IML Informações obtidas no local do crime davam conta de que Jorge Dias possuía passagens por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. *As informações são do blog Jequié Repórter

3 comentários:

  1. O sujeito com passagem por tráfico, e trabalhando numa escola... Ta certíssimo!!

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente mais uma vida que foi interrompida. O que acho estranho na minha pouca experiência é que uma empresa de vigilantes antes de contratar exige antecedentes criminais...se Jorge Dias possuia passagens por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo como menciona a reportagem, como estava trabalhando nessa escola???A família enlutada, meus pêsames.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que nos leva a crer que ele não era contratado por nenhuma empresa de vigilante, e sim contratado diretamente pelo município...

      Excluir