terça-feira, 5 de junho de 2018

Cai Índice de mortes violentas na Bahia, diz secretário de segurança pública

A Bahia vem registrando progressiva diminuição dos índices de mortes violentas. Nos cinco primeiros meses deste ano, o índice recuou 12,6%, no estado, em relação ao mesmo período de 2017, o que demonstra o resultado do trabalho integrado das polícias Militar, Civil e Técnica. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública do Estado. Com os investimentos feitos na contratação de novos policiais, entregas de novas estruturas, uma delas o Centro de Operações e Inteligência, no ano de 2017, comparando com 2016, a Bahia alcançou a redução de 5,2% nas mortes violentas. De 2015 para 2016, em Salvador, os crimes contra a vida caíram 3,1% e, no estado, houve um aumento de 12,4%. O secretário Maurício Barbosa lamenta que, por mais um ano, a divulgação de um ranking de mortes violentas no Brasil, sem levar em consideração que os estados nordestinos figuram sempre como mais violentos, pois contam as ocorrências usando uma metodologia mais fiel à realidade.

O titular esclarece ainda que a pesquisa, quando fala em mortes violentas, coloca no mesmo patamar o assassinato praticado por um criminoso e os casos em que policiais, quando atacados, reagem proporcionalmente em legítima defesa dele e da sociedade. Na avaliação da SSP, as mortes por arma de fogo, no Brasil, são reflexo da falta de uma política nacional de segurança, com ausência de combate à entrada de armas através das fronteiras. Em 2018 a polícia baiana, nos quatro primeiros meses, chegou a uma média de 22 armas apreendidas por dia.

22 comentários:

  1. E melhor ouvir merda do que ser surdo. Esse cara mora no Brasil?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ano eleitoral, meu amigo...

      Excluir
  2. Isso é uma comedia mesmo viu

    ResponderExcluir
  3. Tudo mentira! Mas tem trouxa que acha tudo legal.

    ResponderExcluir
  4. ELE N SABE O QUE TA FALANDO, MANDA ELE VIM PRA ITABUNA

    ResponderExcluir
  5. Acredito que esse secretário esqueceu da cidade de Itabuna,só pode.
    Me poupe viu

    ResponderExcluir
  6. GRAÇAS A GREVE DOS CAMINHONEIROS

    ResponderExcluir
  7. Mentira, saiu em outros meios de comunicação que a Bahia é o Estado mais violento do Brasil para os jovens. Esse adora manipular os números, parece até que esses caras de pau vivem em um mundo paralelo.

    ResponderExcluir
  8. É o mal da indicação política. Será que o secretário Maurício Barbosa está convencido de que a segurança na gestão dele é melhor que a da gestão anterior? Pelo amor de Deus ! Pra mudar esse quadro, tem que ter polícia nas vêias,e ser verdadeiro com sigo mesmo. . Si maré2 alfa! Pqd. Bravo!

    ResponderExcluir
  9. Eu acho que Itabuna ficou de fora dessa pesquisa kkkkkkk. Pq aqui tá caindo vagabundo igual a umbú no sertão.

    ResponderExcluir
  10. Qualquer cidadão, por mais crédulo, tem conhecimento que, TODOS os dados desfavoráveis ao "governo" são manipulados, especialmente, os que atingem a SSPBA. Para que tenhamos uma idéia dos índices de violência, basta multiplicar os resultados "oficiais" por 1,5.

    ResponderExcluir
  11. É a tática do governo petista pra ganhar eleições. Sempre maquiando dados.

    ResponderExcluir
  12. Em santa Cruz cabralia tá matando um por dia e não sai em nem uma mídia.
    Fica fácil o índice diminuir.

    ResponderExcluir
  13. MEU DEUS...MENTINDO PARA ENGANAR O POVO...SERÁ QUE ELES PENSAM QUE NÓS SOMOS PATÉTICOS ANALFABETOS QUE AINDA ACREDITAMOS NAS HISTORINHAS DE PAPAI NOÉL...A BAHIA ESTA ENTRE OS 3 OU 4 ESTADOS COM MAIOR INDICE DE HOMICIDIOS...OLHA...A MENTIRA MAIOR DELES É SOBRE...A EDUCAÇÃO...A SAÚDE E A SEGURANÇA...PRESTEM ATENÇÃO NOS DISCURSOS QUE ELES FAZEM...MENTIROSOS PROFISSIONAIS...E O POVO..A MAIORIA ACREDITA...

    ResponderExcluir
  14. Esse cara quer enganar quem????

    ResponderExcluir
  15. Só não Aki em Itabuna

    ResponderExcluir
  16. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk um humorista..piada de mal gosto.... tá tudo bem para esse cara e para rui costa...apesar de ter sido um governador menos pior, precisamos de muito investimento na segurança publica p termos alguma melhora. precisamos de mais concursos publicos e menos cargos de confiaça... menos secretários e menos propaganda !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que precisamos é mais investimento na educação de base, jovens de hoje não ambicionam estudarem, prova disso é os absurdos que lemos nos comentários desse site, erros grotescos de Português, falta de interpretação, de coerência e por aí vai, lemos até ameaças de mortes a maioria dos jovens são analfabetos ou analfabetos funcionais, que mal sabem assinar o nome, esses jovens vivem a serviço do crime pensando que vão mudar de vida.Triste realidade no país.

      Excluir
  17. kkkkkkkkkkk Itabuna ficou fora dessa pesquisa mentirosa kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  18. É um insulto à inteligência dos cidadãos. Uma informação eleitoreira. Mas, o povo está acordando. A coisa tá é feia e vai piorar ainda mais.

    ResponderExcluir
  19. Falta interpretação de em quem comenta, ou não leu a reportagem apenas comenta sem se quer observar os dados, ninguém afirma que não há mortes violentas, simplesmente em relação a 2017, ano mais violento nos primeiros meses, a redução foi pequena, é claro, mas houve é sobre isso que a matéria aborda, vamos ler para comentar com propriedade. Eta paíszinho sem porteira,eta povinho sem noção.

    ResponderExcluir