segunda-feira, 14 de maio de 2018

Una/Canavieiras-BA: Colisão entre motocicleta e carro deixa uma vítima fatal

Na manhã deste domingo (13), aconteceu um grave acidente automobilístico na BA-001 rodovia Una/Canavieiras, próximo a ponte do cipó, onde o condutor da motocicleta Honda CG 150, placa policial OUQ-4841/Canavieiras-BA, faleceu ao colidir com o veículo Fiat Uno, placa policial JME-3507/Itapebi-BA.

A vítima fatal foi identificada por “Rominho” que faleceu no local do acidente. Ele era proprietário de uma pequena loja de vender relógios na Praça João Perelo, centro de Canavieiras.

O filho da vítima que estava de carona na motocicleta, ficou bastante ferido, e foi levado para Hospital Municipal de Canavieiras. Não há informações sobre seu estado de saúde. [site Costa Sul Fm]

3 comentários:

  1. Tem um site divulgando o rg de uma pessoa que nada tem haver com o acidente, o rg apresentado foi perdido a alguns anos atras.eu o conheço, esta vivo e estava todo o domingo na cidade de Ilheus.O rg esta sendo divulgado no blog Fabio Roberto.

    ResponderExcluir
  2. Esta notícia não esta certa! Ele foi atropelado por um imprudente, e o carona da moto, não era filho ! Favor corrigir.

    ResponderExcluir
  3. Nos familiares notificamos que o fato não ocorreu da maneira que descreve o noticiário. Segundo algumas pessoas que testemunharam relataram que o condutor do veículo estava possivelmente embriagado vindo de uma festa na cidade de Santa Luzia,perdeu o controle do veículo na curva invadiu a outra via e foi ao encontro do motociclista que chama Alberto Ramos de Souza, conhecido como (Raminho do Relógio) que estava conduzindo a sua moto na sua via correta, o mesmo que provocou o acidente não prestou socorro a vítima e fugiu do fragante. Raminho do relógio era um cidadão, Trabalhador,Pai de Família,servidor público contratado pela prefeitura na Secretaria Municipal de Assistência social sendo esse cidadão Canavieirense cumpridor dos seus deveres e amado por todos.Deixou irmãos, esposa, filhos menores e Netos.Já perdemos o nosso ente querido agora queremos justiça para que não acontecer o mesmo com outras famílias.


    ResponderExcluir