sexta-feira, 4 de maio de 2018

“Temos alvarás e pagamos impostos”, desabafam ambulantes da praça do São Caetano; eles vão recorrer da decisão judicial


Uma decisão que pode provocar a ruína de dezenas de pais de família, que tiram de suas simples barracas o sustento de cada dia. Estamos falando dos 32 comerciantes, que dividem o mesmo espaço na “polêmica” Praça Simão Fitterman, no bairro São Caetano, em Itabuna. Eles estão vivendo novamente o pesadelo da ameaça de sempre: serem “despejados” do seu local de trabalho. Muitos estão ali há quase 30 anos. 

Os vendedores ambulantes foram notificados na última quarta (03), pela 1ª Vara da Fazenda Pública e têm até três dias úteis para deixaram a praça. No entanto, eles resolveram reagir e vão recorrer da medida judicial. Isto, baseado no fato de que a maioria possui alvará de funcionamento, concedido pela prefeitura, autora, aliás, de uma ação de reintegração de posse. 

A posição do governo é um tanto controversa e que chega a “destilar” certa maldade, uma que vez que ele próprio afirma não ter, sequer, nenhum projeto para realocar esses comerciantes. E essa lamentável notícia foi confirmada pelo diretor de Indústria e Comércio, Tarcísio Soares. Agora, a pergunta que não quer calar: porque a administração municipal entrou com pedido de reintegração se não tem onde colocar os ambulantes? 

“Prejuízos irreparáveis”
A retirada das barracas está prevista para a próxima segunda-feira (07). Mas o advogado Andirlei Nascimento, contratado nesta sexta (04) pela Associação dos Ambulantes da Praça, já informou que vai tentar revogar a medida, uma vez que os comerciantes estão no espaço há muitos anos e com autorização da prefeitura. 

"Evidentemente, nós sabemos que se trata de uma praça pública, de um jardim, mas que não deveria ter ocorrido a autorização do município. No momento em que autoriza, eles estão aqui legalmente e é por isso que vamos questionar para que se evite esse prejuízo irreparável, porque todos eles estão aqui de forma digna”, defendeu Nascimento, em entrevista ao BA TV, transmitido pela TV Santa Cruz. afiliada da Rede Globo.

A apreensão, a tristeza e a indignação dos vendedores são sentimentos visíveis, quase palpáveis. Meire Bonfim, por exemplo, vende lanche em sua barraca há 15 anos e disse que sempre trabalhou de forma legal, com autorização do município. "A gente não invadiu a praça. Eles deram o alvará. A gente tem conta de água, conta de luz. A gente paga os impostos. Então, a gente não está aqui ilegalmente”, desabafou a mulher.

Situação semelhante é a de Roberto Carlos Oliveira, que trabalha no local há mais de 20 anos, também com Alvará de Licença. “Todo mundo sabe que é uma praça pública e a gente cuida disso aqui. Só que a gente tinha que ter um local para ir”, queixou-se.  

Segundo a decisão da Justiça, caso os ambulantes não deixem a praça na segunda-feira, poderão estar sujeitos a uma multa diária de 400 reais. 

19 comentários:

  1. Tá é bom do prefeito ajeita cidade tanto buraco que tá ganhando pra lua nunca vi um mandato tão ruim. Falaram de Azevedo pelo ao menos ele fazia isso e não pegava no pé dos trabalhadores. .já já vc Sr prefeito não faz nada e ainda não deixa quem quer trabalhar fazer....acorda gente próxima eleição vem ai. ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou o dono de uma das barracas da praça. Me engane!

      Excluir
  2. Sr prefeito deixa o povo trabalhar por que o serviço deles eles entende já o seu vossa senhoria tá meio perdido..as praças mesmo faz vergonha a qualquer visitante. O centro da cidade Deus me livre buraco no mundo .se eu fosse vc teria vergonha de si próprio. ..mas não é de hj que vc Sr prefeito pega no pé dos ambulante dai da praça. .qual sua insatisfação com esses trabalhadores conte ai...manda a real joga limpo ai pela primeira vez...o espaço é aberto vá. ..

    ResponderExcluir
  3. Fico olhando quanta gente do coração duro,o povo tá trabalhando tem conta pra pagar filho pra alimentar,esses que estão mandando tirar tudo da praça e deixar ao Deus dará, deve ter seu belo emprego e a mesa farta pra alimentar seus filhos então os outros que se dane, não sabe o que e a angustia da falta de emprego de da dispensa vazia e pior ainda é ver um filho de barriga vazia e vc imaginar e agora onde vou tirar o meu sustento.grande merda essas praças de Itabuna,que se transformaram em abrigos de usuário quimicos ponto de drogas com assalto constante,agora tira o trabalhador o pai de família como se fossem lixo ,pra deixar livre pra malandragem,pra encher de merda pelas maritacas.mais tem gente que e egoísta demais para se importa se coloca no lugar do outro

    ResponderExcluir
  4. Vixe...babá ovo de pastor Francisco kkkkk lambe ovo de pastor kkkkk esse povo é tudo esperto,,kkkkkkkk já se sentia dona da praça,,,, NUNCA fez uma gracinha na praça... só no espaço dela,,,essa família é esperta viu,,,o povo vivo....

    ResponderExcluir
  5. Tantas coisas errada nessa prefeitura tanto roubo vão mexer com trabalhadores pessoas que ganham pão honestamente que país e esse meu deus ,prefeito do demônio , tenho pena do final dessas pessoas.que pensam serem dono do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outro dono de barraca, me engane!

      Excluir
  6. A PRACINHA DO BAIRRO SANTO ANTONIO. A PREFEITURA A PEDIDO DE QUEM..NÃO SABEMOS..MANDOU CÓRTAR ALGUMAS ARVORES CENTENARIAS QUE ALÉM DE DAREM UMA SOMBRA MARAVILHOSA EMBELAVAM A PRAÇA...A DERRUBADA DAS ARVORES EM ITABUNA COMEÇOU NO GOVERNO DE AZEVEDO. AZEVEDO ACABOU COM AS ARVORES...DEPOIS VANE..2 DESTRUIDORES DA NATUREZA E AGORA FERNANDO GOMES....ITABUNA ESTA FICANDO UMA CIDADE MORTA SEM A PRESENÇA DA NATUREZA...AZEVEDO...VANE E AGORA FERNANDO...3 GOVERNOS ONDE ITABUNA ESTA ABNDONADA,,FEIA,,,FALTA INVERSTIMENTO E FORÇA POLITICA PARA TRAZER FABRICAS E EMPRESAS PARA GERAR EMPREGOS...

    ResponderExcluir
  7. O PREFEITO DEVERIA SE PREOCUPAR EM ASFALTAR OS BAIRROS QUE ESTÃO HORRÍVEIS E DEIXAR O POVO TRABALHAR, PQ TODA ESSA HISTÓRIA DE REVITALIZAR AS PRAÇAS É BALELA, VÃO FAZER SÓ UMA VEZ DEPOIS VAI FICAR A MESMA IMUNDICE. OS BAIRROS PRECISAM DA REDE DE ESGOTO E ASFALTOS. DEIXEM O POVO TRABALHAR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu deve ser dono de uma das barracas, pra tá nessa revolta toda. Me engane.

      Excluir
  8. BRASIL LIVRE, DA CORRUPÇÃO!LULA PRESO!
    BRASIL LIVRE, DA CORRUPÇÃO!LULA PRESO!
    BRASIL LIVRE, DA CORRUPÇÃO! LULA PRESO!
    BRASIL LIVRE, DA CORRUPÇÃO! LULA PRESO!BRASIL LIVRE, DA CORRUPÇÃO! LULA PRESO!BRASIL LIVRE, DA CORRUPÇÃO! LULA PRESO!BRASIL LIVRE, DA CORRUPÇÃO! LULA PRESO!BRASIL LIVRE, DA CORRUPÇÃO! LULA PRESO!BRASIL LIVRE, DA CORRUPÇÃO! LULA PRESO!BRASIL LIVRE, DA CORRUPÇÃO! LULA PRESO!BRASIL LIVRE, DA CORRUPÇÃO! LULA PRESO!BRASIL LIVRE, DA CORRUPÇÃO! LULA PRESO!BRASIL LIVRE, DA CORRUPÇÃO! LULA PRESO!BRASIL LIVRE, DA CORRUPÇÃO! LULA PRESO!

    ResponderExcluir
  9. Se o problema é o alvará, espera o prazo terminar, que todo alvará tem ser renovado, ai não renova mais, aquilo ali é uma bagunça da peste, agora acharia justo a prefeitura organizar um local para essas pessoas, tirar dali sem outro local, acho desumano.

    ResponderExcluir
  10. Itabuna cidade onde as praças viraram FAVELAS onde se encontramos de tudo ( comidas estragadas, falta de higiene, produtos piratas, pessoas mal trajadas, imundice, dormitório de pessoas de rua, baratas com baratas, moradia de ratos). O prefeito tá certo, tem que acabar com essa coisa de agradar um grupos que em nome da sobrevivência se tornam donos dos espaços público.

    ResponderExcluir
  11. Esse é o desgoverno da marreta

    ResponderExcluir
  12. Tira as barracas dos trabalhadores, pra encher de Noia usando droga, ficam achando que vai ser um lugar lindo para as crianças brincarem aqui é Itabuna não sonha.

    ResponderExcluir
  13. Rapaz...o que é que esse pessoal que usa o espaço público pra ganhar dinheiro ainda quer???? Poxa, já não basta??? Estão errados tem que desocupar o que não é de vcs. Tem dona de barraca na praça que tem um ponto comercial alugado ao ortifrut em frente à padaria paulista !!! Afff quanta esperteza, a praça é do povo, praça livre pra o povo. Chega!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é motivo grave, prefeitura, procure saber quem é essa pessoa, isso já é desonestidade, tá querendo dá uma de coitada e cheia da grana, um ponto daquele é no minimo R$ 3.000,00 - Investigue prefeitura.

      Excluir
    2. Ela então está agindo com esperteza, já que só deve pagar mal mente o alvará da barraca, lá no ponto dela, ela ia ter que pagar luz, água, material de limpeza, funcionário. Essa tá passando a perena no povo que quer usar a praça, e a prefeitura. Favor investigar senhores fiscais da prefeitura.

      Excluir
  14. TOMA DISTRAIDOS FORAM MIM CHAMAR AGORA ESTOU BOTANDO POCANDO. KKKK

    ResponderExcluir