quarta-feira, 23 de maio de 2018

Governo pretende zerar apenas tributos sobre o diesel

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, anunciou nesta terça-feira (22) que o governo eliminará a Cide (tributo) que incide sobre o diesel quando o Congresso Nacional aprovar o projeto da reoneração da folha de pagamentos. No mesmo anúncio, Guardia também informou que o governo acabará, em 2020, com a desoneração da folha em todos os setores. Sobre os impostos que incidem na gasolina, o ministro não fez nenhum comentário. 

Se o projeto de reoneração for aprovado, o Legislativo fará, na prática, com que haja aumento nas receitas da União, que, em troca, cortará o tributo incidente sobre o diesel. As medidas são anunciadas em meio a protestos em todo o país contra o aumento no preço dos combustíveis. A Petrobras já anunciou que a política de reajuste dos preços não mudará. 

2 comentários:

  1. vçs acreditam em papai noel???

    ResponderExcluir
  2. Pessoal!
    O governo está maltratando o trabalhador e nós temos uma arma na mão que vai enfraquecer essa política devastadora. Vejamos:

    1) não abastecer em postos Petrobras;

    2) Não comprar botijão de gás brasilgas;

    3) não fazer jogos em loterias, seja ela qual for. O governo arrecada 55% de casa jogo;

    4) não fazer investimento em Banco público -caixa econômica, Banco do Brasil e nordeste;

    5) o melhor de todos. Vamos tirar os investimentos desses bancos e migrar parar o privado.

    1% na queda de arrecadação o governo vai respeitar o povo brasileiro.

    Compartilhe com todo mundo.

    23 de maio de 2018

    ResponderExcluir